Damon Albarn anuncia projeto solo inspirado nas paisagens da Islândia

Marina Martini Lopes
Por Marina Martini Lopes
Editora
Entre maio e junho do ano que vem, Albarn vai apresentar o projeto ao vivo

BLOG

Let It Rock

Os shows do projeto vão combinar piano, orquestra e efeitos eletrônicos

Damon Albarn é desses artistas que não se cansa de acumular projetos paralelos: frontman do Blur e do Gorillaz, e integrante também do The Good, The Bad & The Queen, o músico anunciou um novo projeto solo, batizado de The Nearer the Fountain, More Pure the Stream Flows - algo como "quanto mais perto da fonte, mais puro o riacho corre". O nome foi extraído de um poema de John Clare, intitulado Love and Memory.

A novidade é inspirada pelas paisagens da Islândia, conforme um comunicado oficial: "Terra do sol da meia-noite, a Islândia é um país único, de beleza natural abundante: geleiras, vulcões, fontes termais, montanhas impressionantes. É uma terra espalhada por dois continentes, onde as placas tectônicas da América do Norte e da Eurásia se encontram. Essa nova obra de Albarn - um visitante frequente da Islândia há mais de três décadas - é uma performance nova e muito pessoal que reúne instrumentação orquestral, vocais, piano e efeitos eletrônicos."

Entre maio e junho do ano que vem, Albarn vai apresentar o projeto ao vivo, com nove datas anunciadas por enquanto, em diferentes países da Europa. As performances vão ser acompanhadas de registros visuais da Islândia, gravados ao longo da última primavera por cineastas e produtores do país.

No ano passado, o The Good, The Bad & The Queen - que o músico integra ao lado de Paul Simonon, do The Clash, Simon Tong, do The Verve, e da lenda do afrobeat Tony Allen - lançou Merrie Land, seu primeiro álbum em 11 anos. No meio deste ano, em um show do grupo na Holanda, Albarn declarou: "Este é nosso último show. Depois deste, puf, acabou." Será que é o fim da banda?

Matérias Relacionadas