"Vikings" vai ganhar série derivada na Netflix

21.11.2019 | 14h45 - Atualizada em: 21.11.2019 | 15h33
Por Anna Rios
Ragnar (Travis Fimmel) em cena de "Vikings"

BLOG

Universo Compartilhado

"Vikings: Valhalla" vai se passar cem anos após a produção original

Os fãs de Vikings que estavam lamentando o final da série já podem se alegrar. A Netflix anunciou que o famoso seriado terá uma continuação na plataforma. Vikings: Valhalla vai acompanhar um novo grupo de guerreiros nórdicos conquistando a Europa. A série derivada irá se passar 100 anos após o fim da produção original.

O criador de Vikings, Michael Hirst, será responsável por também conduzir a nova produção. Os roteiros ficarão a cargo de Jeb Stuart, conhecido pelo clássico Duro de Matar (1988). O que se sabe até o momento é que alguns vikings reais já estão confirmados na trama: Leif Erikson, Freydis, Haroldo Hardrada e o rei inglês Guilherme, o Conquistador, que era descendente dos nórdicos. 

De acordo com o site norte-americano Deadline, Valhalla terá 24 episódios em uma temporada só, fugindo um pouco do padrão da Netflix, que gira em torno de 13 episódios. 

-Vikings: Valhalla promete ser tudo o que os fãs amam na franquia: ação emocionante e imparável, enraizada em personagens ricos e narrativas dramáticas que iluminam a família, a lealdade e o poder - disse Channing Dungey, vice-presidente da série original na Netflix.

O seriado derivado ainda não tem previsão de estreia. Já a sexta e última temporada de Vikings começa a ser transmitida a partir de 4 de dezembro no canal History com um especial que terá duas horas de duração. No Brasil, a série passa no canal pago Fox Premium.

*por GaúchaZH

Matérias Relacionadas